Se tem um um prato que pode ser considerado universal é o hambúrguer. Talvez pela globalização, que levou esse símbolo da cultura americana aos quatro cantos do mundo, ou pelo simples fato de ser muito fácil de fazer e delicioso, não sei ao certo. Sinceramente não conheço ninguém que não goste de um lanchão desses, bem caprichado e suculento.
Sua história é interessante:
“Uma das histórias sobre sua origem remete ao século XIII, quando cavaleiros tártaros moíam a carne dura e crua durante as cavalgadas, colocando-a sob suas selas. Após algum tempo de travessia, o alimento se transformava em uma “massa”, mais macia e fácil de mastigar.” Se quiser saber mais dessa história, leia aqui.
Mas a pergunta aqui : combina com vinho? A resposta é óbvia: Lógico! 🙂
Fizemos em casa o hambúrguer, com carne de alcatra moída e temperos. Me desculpem os adoradores de congelados, mas hambúrguer feito casa é outra coisa. Deu até medo de ver a altura do bicho. Montamos o lanche com queijo, tomate e rúcula. O resultado é esse aí embaixo. O vinho que bebemos para acompanhar foi um Candela Legend (malbec/merlot) que relatei aqui.
Excelente combinação. Recomendo.

o hamburgão está escondido debaixo dessa “massa” de quejo 😉

Onde/Quem/Qdo: em casa, eu, Van, maio/2008.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!