Dizem que para apreciarmos um vinho em sua plenitude, o ideal é conseguirmos fazer isso, utilizando nossos cinco sentidos: visão, olfato, audição, paladar e tato. Esse último, em especial, foi levado muito a sério por um enólogo espanhol cego.

Antonio Palacios, junto com uma equipe de profissionais, criou o vinho Lazarus, que tem um rótulo com a embalagem escrita totalmente em braile! (Como ninguém pensou nisso antes?)

Achei sensacional possibilitar a esses amigos do vinho, escolherem tranquilamente os seus rótulos preferidos.

Espero que as vinícolas copiem logo a idéia não?
:o)

Obs: Logo após publicar esse post, descobri que a Miolo já fez há algum tempo um rótulo assim. Ótimo! Alguém mais sabe de outras vinícolas que tiveram essa iniciativa?


QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!