ChileTinto, Cabernet Sauvignon, Carmenère, Syrah, 2007

Vinícola: Palo Alto Wines

Esse é o 33.o vinho selecionado para a Confraria Brasileira de Enoblogs, uma brincadeira entre blogueiros onde um participante escolhe o vinho a ser provado no mês e os demais, compram, provam e postam suas impressões, cada um em seu blog. Neste mês, coube a mim escolher o vinho.

Conheci esse vinho rapidamente há mais de um ano atrás, pelas mãos de um representante da Expand, aqui em Campinas. Na segunda vez que o experimentei, foi o grande destaque no Desafio de Vinhos, promovido pelo João Felipe do blog Falando de Vinhos. O desafio naquela ocasião, era eleger o melhor vinho assemblage e esse, foi a surpresa da noite e de longe, o best-buy. Resolvi então colocá-lo à prova com os demais confrades.

É um vinho de cor rubi escura e deixa muitas lágrimas na taça. No aroma prevalece a ameixa madura, pimentão e chocolate, além do álcool que sobra um pouco. Na boca o álcool aparece de novo, deixando-o um pouco quente. Se confirma a fruta adocicada e um toque de tostado. Tem corpo médio, taninos muito finos, baixa acidez, boa persistência e um pequeno amargor no final.

Um vinho sem grande complexidade, mas muito fácil de beber e agradar.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!