Entre uma taça e outra, eu e meu confrade Cristiano sempre tivemos a vontade de montar uma confraria, mas como encontrar as pessoas certas e também com disponibilidade é uma tarefa difícil. Depois de alguns convites, finalmente conseguimos juntar um grupo de apaixonados pelo vinho.

Até ai, tudo bem, escolhemos o local, o tema, etc. No dia marcado todo munto lá sedento para provar os grandes vinhos da África do Sul. Com a taça na mão, mesa farta, veio a pergunta: “E o nome da confraria?”

Como nosso tesoureiro oficial (Cristiano) passou 3 meses cobrando o dinheiro dos mentirosos (rssss), surgiu o nome:

CONFRARIA DA MENTIRA

O objetivo é claro, contar histórias, beber o que há de melhor e rir muito. Em breve falo dos vinhos que provamos.
O problema é o nariz que vai crescer a cada reunião e ainda não sabemos como faremos para colocar o nariz na taça…

Alguma sugestão?
😀

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!