Essa é mais uma daquelas histórias bizarras que vivemos no nosso dia-a-dia de enófilo. Uma história que, contada daqui há alguns anos, vai parecer mentira, mas não é.

Numa grande feira de vinhos, resolvi visitar o stand de uma conhecida vinícola, já que esta havia anunciado o super lançamento de seu vinho “pop star”. Chegando lá, encontramos o pai da criança,  Sr. Sabichão.

EU: Boa tarde Sr. Sabichão! Como vai? Sou um apreciador de seus vinhos, em especial do vinho XPTO 2010.
Sr. Sabichão: Boa tarde! É um prazer recebê-lo aqui e fico muito feliz que gosta de nossos vinhos.
EU: Fiquei sabendo que o Sr. trouxe para degustarmos o seu grande lançamento, o XPTO 2011. Onde está?
Sr. Sabichão: Meu amigo, não sei de nada. Por favor, fale com a moça ali, A Sra. Mkt, que ela de dará todos os detalhes.

Pensei comigo, como assim não sei de nada? o pai da criança que não sabe nada sobre ela?
Um pai bem estranho esse…

Segui então até a Sra. Mkt e perguntei:

EU: Olá Sra. Mkt! O Sr. Sabichão me disse que você poderia me dizer onde está o vinho XPTO 2011 para experimentar.
Sra. Mkt: Entendo…só que não temos. Apenas por encomenda.
EU: Como assim? Vocês estão lançando um vinho e não trouxeram o tal vinho?
Sra. Mkt: Sim. No momento não temos.

Saí de lá pisando duro, indignado.

Dias depois, estava eu comprando alguns vinho com o Sr. Valdir, um representante local, ele me pergunta:

Sr.Valdir: E aí? Não vai querer o vinho XPTO 2011?
EU (espantado): Mas é claro! Estou ansioso para conhecer o misterioso vinho!
Sr. Valdir: Fulana! (a assistente), separa uma garrafa do vinho XPTO 2011 pra ele! Aliás é a última garrafa, você deu sorte. Um grande vinho viu?
EU: Que bacana Sr. Valdir! Queria mesmo uma garrafa. Posso ver?
Sr. Valdir: Então…não temos aqui.
EU: Mas como assim? Você me disse que era a última garrafa!
Sr. Valdir: É a última da caixa que eu encomendei.
EU: Sei…mas quando chega então?
Sr. Valdir: Não sei ainda…
EU:  E o preço? vou encomendar mesmo assim…(sem saber exatamente o que estava fazendo)
Sr. Valdir:  Não sei também. Talvez 90, talvez 140…mas de qualquer forma você não precisa pagar ainda.
EU: Ok. Mesmo assim deixo a reserva feita.

Moral da louca história:
Tentei experimentar um vinho na vinícola, mas não tinha. Agora comprei e não paguei por um vinho que não existe, ainda.

Será que estou só acordando da ressaca de vinho ruim ou isso foi só um devaneio do mercado?

Não vejo a hora de experimentar esse vinho imaginário.
Deve ser incrível.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!