Estive recente na apresentação dos vinhos produzidos pela vinícola Zaccagnini, pelas mãos de seu enólogo, Marccelo Zaccagnini. O almoço animado, com ótima comida italiana que aconteceu na Vino, contou coma presença do pessoal da importadora Ravin que promoveu o evento e o próprio Marccelo Zaccagnini acompanhado de Angelo Ruzzi seu sales manager.

A Cantina Zaccaggnini tem mais de 80 anos de história, fica em Bolognano e é considerada a maior e mais premiada vinícola da região de Abruzzo. Um de seus melhores vinhos, o  Montepulciano D’Abruzzo Tralcetto, foi classificado entre os 250 melhores vinhos, segundo a Wine Spectator.

Em uma degustação muito interessante, provamos os 4 vinhos todos feitos 100% da uva Montepulciano d’Abruzzo, o que nos permitiu perceber toda a versatilidade desta uva, quando trabalhada por um talentoso vinhateiro:

Montepulciano D’Abruzzo Rosé Tralcetto Cerasuolo DOC 2008 (R$ 69,00)
Linda cor rosada, aromas intensos de morango, cereja e um toque defumado tipico desta uva. Um rosé diferenciado, com bom corpo, estrutura, que o torna muito gastronômico. Acompanhou perfeitamente bem a massa com molho de tomates frescos e manjericão.

Montepulciano D’Abruzzo Kasaura 2009 (R$ 45,00)
A ótima surpresa do dia. Bastante frutado, cereja predominante, não passa por madeira. Acidez média, taninos muito finos e muito macio na na boca. Um vinho muito fácil de beber e agradar mesmo aqueles com a preferência dos “frutadões” do novo mundo. Além de tudo, excelente custo benefício.

Montepulciano D’Abruzzo Tinto Tralcetto DOC 2007 (R$ 79,00)
Na sequência, o Tralcetto, um vinho que passa apenas 4 meses em madeira, ou seja, a madeira está presente mas com equilíbrio. No nariz, a fruta negra, madeira bem integrada e um toque mentolado. No paladar também muito macio e agradável que deixa ao final um toque de chocolate amargo. Conversando com o Angelo, me explicou que todo o trabalho é feito para que os taninos venham da fruta e não do contato com a madeira. Realmente se percebe essa diferença no vinho.

Montepulciano D’Abruzzo Chronicon Reserve DOC 2006 (R$ 99,00)
Esse é o top da vinícola, feito com todo o cuidado, passa 12 meses em barrica, mais complexo, mantendo a fruta mais as nuances de chocolate e tostado. Na boca é extremamente equilibrado, taninos muito aveludados e final de boa persistência. Outro grande vinho que entrega muito pelo que vale.

Por coincidência, no mesmo dia do evento, nosso querido amigo Álvaro Galvão fez aniversário, o que alegrou ainda mais o evento.

Parabéns Álvaro, parabéns Zaccagnini!!

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!