E depois de teminar rapidamente a garrafa de Sauvignon Blanc, o calor seguia forte, daí pensei, porque não abrir aquele riesling geladinho que está lá no fundo da geladeira? Com certeza o riesling é uma ótima companhia para fechar a noite.

Separei taças novas e assim que o belo líquido amarelo dourado caiu na taça, nos fez abrir um sorriso. Seus aromas são bem intensos de frutas tropicais maduras como abacaxi em calda e também um toque mineral e de borracha como se fosse pneu queimado, isso mesmo. Pode parecer estranho e ruim, mas não é.

Na boca, é muito aveludado, levemente adocicado e com uma boa acidez, cortando a doçura e o deixando bem refrescante. Acompanhou muito bem com a comida japonesa e seguiu em frente até a sobremesa. Uma delícia!

Acho que todo ser humano deveria ter uma taça de espumante ao acordar e uma taça de riesling ao anoitecer.

É pedir muito?
😉

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!