Mais um vinho para a galeria da Confraria Brasileira de Enoblogs. No mês de Julho quem deu o tema foi meu amigo e companheiro de taças Cristiano Orlandi, do blog Vivendo Vinhos. O tema foi bem diferente dos últimos:

“Um vinho comprado em grandes redes de supermercados, até R$ 40,00”

Bom tema para conferirmos se as grandes redes estão oferendo um portfolio de vinhos de bom custo-benefício.

Resolvi então comprar o Trapiche Pinot Noir 2010. Um vinho argentino de nada menos que R$ 20,00, que por fim das contas me surpreendeu. Primeiro é bem difícil ver vinhos da uva pinot noir nas gôndolas, segundo pela qualidade que entrega.

É um pinot de cor rubi claro, como se espera de um vinho dessa uva, aromas de frutas vermelhas, couro e tabaco, notas animais e logo que abri, percebi que sobra um pouco de álcool no nariz, mas nada comprometedor. Na boca, é leve, a fruta vermelha se repete, ótima acidez e um final de café.

Um vinho corretíssimo nessa faixa de preço e que vale a pena.

Ótima experiência para relembrarmos que nem sempre vinho barato, é sinônimo de vinho ruim.
A verdade sempre está na taça.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!