Como hoje é domingo e depois de muita chuva e frio, abriu um Sol ainda um pouco tímido, resolvemos fazer um churrasco “intimista” aqui em casa, só eu e a Van. Graças a Deus, vivemos sempre cheio de amigos à nossa volta e gostamos muito disso, mas às vezes é gostoso curtir aquele dia só do casal. É gostoso e necessário.

Comprei uns nacos de bife ancho, um palmito pupunha pré-cozido (e muito prático) e parti para a churrasqueira. Enquanto o carvão estalava, a gente colocava a conversa em dia e bebia uns goles desse australiano, o E-Minor Shiraz 2006 que comprei em 2009 na companhia do João Filipe em uma degustação da Wine Society. Um belíssimo vinho na ocasião, daquele que te prende a atenção.

Três anos se passaram e finalmente abri o vinho. Está bem diferente, ainda bastante aromático, frutado com aroma intenso de cereja, mas os sinais de evolução já aparecem com um toque balsâmico bem aparente e couro. Na boca, os taninos estão presentes, mas finos e a acidez é bem alta, tanto que harmonizou perfeitamente com a gordura do bife ancho. Delicioso.

Não acredito que ele melhore nos próximos anos, mas se você gosta de curtir aquele vinho mais evoluído, essa é a hora de abrir esse australiano que com certeza te dará muito prazer.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!