Esse é o tipo de vinho que não passa despercebido numa degustação. É um cabernet sauvignon de muita personalidade, produzido pela Carpineto, vínicola localizada na Toscana que além desse, produz ótimos chianti classico.

Não espere do Farnito 2005 aquele cabernet sauvignon de sempre: escuro, denso, frutado, adocicado e com aquele mentolado como se vê na maioria dos que são feitos na América do Sul, Austrália e EUA. Este já tem chega ao mecado pronto, evoluído, com uma cor atijolada, aromas de couro, terra molhada, especiarias. No paladar é marcante, taninos finos e acidez pronunciada, marca registrada dos vinhos italianos.

Um vinho diferenciado, para se beber com calma e deixá-lo evoluir por horas, começando no decanter e terminando na sua taça.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!