No mesmo dia que conheci o Farnito 2005, também provei seu chianti classico e por último esse Carpineto Chianti Classico Riserva 2006.

Segue o mesmo estilo austero do produtor. Um chianti classico riserva com muita tipicidade, aroma de terra molhada, fruta vermelha delicada e um toque animal. No paladar é aveludado, equilibrado que deixa aquele final de café tostado na boca por um bom tempo.

Seis anos de vida e no ponto para sair da garrafa.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!