Semana passada participei de um evento muito bacana promovido pela Wine of Argentina. Aconteceu na Vinheria Percussi, em SP. Foi o primeiro evento produzido pelo amigo Déco Rossi, que assumiu recentemente a responsabilidade de representar a entidade e os vinhos argentinos no Brasil. O tema do almoço foi óbvio e pra lá de  interessante: Vinhos para o Verão.

Normalmente, quando pensamos em vinho argentino, pensamos em quê? MALBEC! E malbec amigos, é difícil de beber debaixo de um Sol de 35 graus. Pensando nisso, o Déco organizou esse evento para que pudéssemos conhecer e harmonizar vinhos argentinos leves e frescos, feitos para essa época do ano. É o vinho argentino muito além da malbec.

Dos vinhos que provei, destaco três especiais: primeiro um espumante surpreendente da conhecida vinícola Kaiken, o Kaiken Sparkling Brut (Vinci – US$ 50). Um espumante que esbanja complexidade. Aromas cítricos e minerais muito intensos, perlage finíssima e na boca tem bom corpo, ótima acidez e final tostado. Se você duvida que os argentinos podem fazer bons espumantes, esse com certeza te fará mudar de opinião.

kaiken-brut

O segundo que destaco é o Colomé Torrontés (Decanter – R$ 48). Já escrevi por aqui e volto a repetir – gosto muito e para mim é um dos melhores torrontés que já provei.

colome-torrontes

O terceiro é outro bem bom, o Zuccardi Chardonnay/Viognier (Ravin – R$ 65). Um vinho branco mais gastronômico, macio, amanteigado que foi a melhor harmonização do dia com um raviolini na manteiga e sálvia.

zuccardi-chardonnay-viognier

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!