maycas-del-limari-cs-2009

Ainda não tinha provado nenhum vinho desta vinícola chilena, apesar de ter ouvido alguns elogios, principalmente de seus vinhos brancos. Aproveitei uma promoção da Wine e resolvi experimentar.

Uma bela apresentação, garrafa pesada, rótulo bonito, enfim, esteticamente projetado para vender. Apesar de constar apenas cabernet sauvignon no rótulo, é um corte com 14% de syrah.

Resolvi abrí-lo num dia de semana, tranquilo, uma quarta-feira qualquer sem tanta preocupação na cabeça. Saquei a rolha e o despejei num decanter, porque sinceramente achei que seria um vinho mais parrudo. Não era.

Um vinho bem escuro, de tingir a taça. Os aromas previstos de um bom cabernet sauvignon estavam lá: fruta vermelha bem madura, pimentão e especiarias de leve como pimenta preta. No paladar não emociona tanto. Corpo médio, acidez baixa, taninos finos final tostado.

Como a acidez é importante nos vinhos.

Nem posso dizer que o vinho tem grandes defeitos, mas sinceramente não empolgou. Você ainda encontra esse vinho na Wine por R$ 80,00.

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!