Na minha modesta opinião, o ossobuco é uma das carnes mais saborosas para se fazer de panela. Este prato é daquela categoria comidão, feita com paciência para o almoço de domingo, que agrada qualquer estômago faminto.

Embora o clima não esteja muito agradável para comidas pesadas (Neste verão mais quente dos últimos anos), estou devendo a minha receita de ossobuco há algum tempo… Então, aproveite o feriadão de carnaval pra fazer essa receita e repor as energias gastas na folia. Se não tiver coragem de encarar o pratão agora (Eu duvido que vc resista!), guarde a receita nos seus favoritos e espere um clima mais fresco.

ossobuco-polenta-fev27

Ossobuco com polenta cremosa
(4 pessoas)

Ossobuco
– 4 unidades de ossobuco com cerca de 4 cm de altura
– 2 latas de tomates pelados
– 1 taça de vinho tinto (pode ser aquele que você vai tomar com a receita)
– 1 bouquet garni (com manjericão, louro, orégano, alecrim e tomilho)
– alho e cebola picados a gosto (eu gosto de muito)
– 1 pimenta dedo de moça picada
– cheiro verde picado
– sal a gosto

Polenta cremosa
– 5 xícaras de caldo de carne ou legumes
– 1 1/2 xícara de fubá
– 2 colheres de sopa de manteiga
– 1/2 copo de requeijão
– sal a gosto

Comece pelo ossobuco: Numa panela grande, coloque um fio de azeite e frite cada pedaço do ossobuco para selar (até ficar dourado). Retire a carne, coloque mais um fio de azeite na panela (aproveitando aquele tostadinho) e refogue o alho e a cebola. Volte a carne para a panela, tempere com sal e pimenta, coloque o bouquet garni e o vinho. Coloque os tomates pelados e um pouco de água, se necessário. Deixe cozinhar lentamente até a carne ficar bem macia (mais ou menos 1 hora e meia), vá colocando um pouco de água (ou caldo de carne) se necessário.

Enquanto a carne cozinha, braços fortes para mexer a polenta. Ferva o caldo e despeje o fubá lentamente, sempre mexendo para não empelotar. O fubá demora uns 30 minutos para cozinhar, então, força! Quando a polenta estiver cozida, desligue o fogo e misture a manteiga e o requeijão.

Dicas:
– Se quiser um molho rústico, basta picar grosseiramente os tomates pelados. Se quiser o molho mais liso, bata os tomates pelados no liquidificador.
– Se você não está com tempo para esperar o cozimento lento da carne, pode fazer a receita do mesmo jeito, só que na panela de pressão. Basta deixar por cerca de 40 minutos.
– Usar aquela polenta pré-cozida, que cozinha mais rápido, não é pecado.

Sirva o ossobuco sobre a polenta e decore com folhinhas de manjericão. Para acompanhar, que tal um bom vinho italiano? De um simples chianti a um poderoso supertoscano, tenho certeza que você ficará muito feliz com essa receita. Nós resolvemos inovar e, desta vez, harmonizamos com o Coppola Zinfandel. O resultado foi surpreendente!

Saúde!

 

>> Veja aqui outros Menu de Baco

QUER SABER MAIS? DEIXE AQUI SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO!